China assume liderança como principal destino das exportações da região de Ribeirão Preto

China assume liderança como principal destino das exportações da região de Ribeirão Preto

A China assumiu, em 2015, a liderança como principal destino das exportações da região de Ribeirão Preto, com um valor de US$ 193 milhões. É o que aponta o Boletim Comércio Exterior do Ceper/Fundace.

O crescimento das exportações da região para a China reflete, em grande medida, um efeito estatístico onde as exportações de soja produzidas em outras regiões do país passaram a ser contabilizadas em municípios da região, em especial Sertãozinho.

Enquanto nos 11 primeiros meses de 2014 as exportações de soja e seus derivados foram inexistentes, nos 11 primeiros meses de 2015 elas foram de U$ 127 milhões, explicando o grande salto de um período para o outro.

Os Estados Unidos, até então o principal país exportador da região, passou a ser o segundo destino, com US$86 milhões em 2015. O país vem diminuindo sua representação nas importações da região desde 2013, ano em que importou US$140,4 milhões. Em 2014, o valor foi de US$98,14 milhões. De acordo com o Boletim, a queda gradativa reflete, em parte, a redução no preço das commodities.

Já o principal destino dos produtos exportados pelo município de Ribeirão Preto em 2015 são os Estados Unidos, com US$ 18,4 milhões. Eles ultrapassaram a Venezuela, que em 2014 importou mais de US$ 30 milhões e em 2015 viu os valores caírem para menos de US$ 10 milhões.

Os dados do Boletim Comércio Exterior foram coletados pelo site AliceWeb do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O Boletim está disponível no site da Fundace: www.fundace.org.br/_up_ceper_boletim/ceper_201511_00174.pdf

Fonte: OPA Assessoria em Comunicação

Imprimir

Indique a um amigo: