Sacolinha pode voltar a ser gratuita em São Paulo

Sacolinha pode voltar a ser gratuita em São Paulo

As sacolas plásticas podem voltar a ser entregues de forma gratuita em supermercados da capital paulista. Um projeto de lei que impede a cobrança foi aprovado em segunda votação, na quarta-feira (22), na Câmara Municipal de São Paulo, e agora segue para avaliação do prefeito Fernando Haddad (PT).

A aprovação do PL 238/2012 acontece pouco mais de um ano depois de a lei das sacolinhas entrar em vigor. Pela lei, os supermercados não podem mais entregar as antigas sacolas e precisaram substituí-las por modelos padronizados nas cores verde e cinza. 

Atualmente, os estabelecimentos cobram R$ 0,08 por sacola, mas há locais em que elas saem por R$ 0,10. 

Em 2011, uma lei chegou a proibir a distribuição de sacolas em estabelecimentos comerciais da capital.

Um dos autores do projeto, o vereador Nelo Rodolfo (PMDB) diz que os consumidores estão sendo prejudicados pela cobrança.

"A sacolinha é o meio mais adequado que se tem para as pessoas saírem do supermercado com dignidade. Tem gente que gasta R$ 500 ou mais em compras e ainda tem de pagar pelas sacolas."

Fonte: uol.com.br

Imprimir

Indique a um amigo: